04 março 2016

Exausta.

E mais uma vez.. tudo de novo.. sempre.

Chega até ser chato as pancadas que a vida nos dá.
Mas dessa vez serei específica.

Estou farta de pessoas descartáveis. Quero pessoas perpétuas, aquelas que ficam ao nosso lado. Que dão "a cara a tapa", "a mão no fogo", que não desistam dos amigos. Sempre fiz isso por todas as pessoas que considero. Sempre me arrisquei, sempre me feri, sempre movi terras para ajudar ao próximo; para fazer diferente dos demais e fazer a diferença na vida do outro.
Por que ninguém faz o mesmo por mim? Por que ninguém estende a mão ou oferece um ombro quando mais preciso? Não me trazem chocolate? Não me visitam quando adoeço, não curam minhas feridas quando me machuco? Não me convidam para celebrar quando estão felizes? 
Qual o problema?
Sou eu?
Sou chata? Horrorosa?
Ninguém me suporta?
Por que não dizem "não gosto de vc"?, "não quero vc por perto"?
Por que não são transparentes?
Por que inventam desculpas?

"Aconteceu". Claro! Por que foi um acidente isso né?
Vc foi forçado. Amarraram vc e obrigaram-no a fazer o que não queria.
Aconteceu uma ova! Vc fez acontecer porque queria que acontecesse!
Vc queria isso mais que tudo. Vc sempre quis isso..
Só não queria abrir o jogo porque poderia dar certo com outra.
Alguém cairia na sua conversa de "me sinto sozinho". 
Seu domingo foi perfeito? Ótimo! Engula sua felicidade e ela ao mesmo tempo.
Pois verá que de aparências se constroem vidas. E essas vidas são vazias.

Aos verdadeiros, apenas o sofrimento.
O sofrimento de encarar a realidade e querer ser justo com o próximo que prefere viver uma ilusão.
Amor se constrói com o tempo e não  nasce repentinamente pois a beleza não é "perfeita".