18 dezembro 2013

Por que estou tão desanimada de novo?
Aquela alegria toda passa quando ele não está aqui?

Dói pensar nele às vezes,
nas consequências do que acontecerá conosco.

Mas me alegra saber que ele pensa em mim.. =3
É quando a dor volta tão profunda que permiti um solavanco no peito.

O que eu faço?
O que eu digo?

Posso parar o tempo, esperar todos morrerem e correr para o meu cais?




[ Correção ]


Cansei de esperá-lo.

Jamais terei o que espero dele.

Suas dúvidas são motivo do meu vazio.

É tão ruim desejar a felicidade?

Não tenho dinheiro, amor, amigos...

O que mais arrancará de mim, óh Senhor?

Já não tenho a fé que obrigas,

quer meus medos também?

Pois tome, fique contigo.

Não me servem de nada já que não tenho o que os outros têm.

VIDA


Randon

Fotos aleatórias.. ^^















13 dezembro 2012

Um desses na frente:

 

 E esse nas costas: 


Vida nova?

Há quanto tempo..

não choro por tristeza nem felicidade..

não sofro de amor nem de ódio..



não me divirto com os amigos..

não confronto os inimigos..

não engordo, nem emagerço..



não faço nada de diferente do que deveria fazer..

não faço nada de igual ao que sempre faço..

Estou na mesma ou evolui?

Minha vida mudou ou se repetiu?

Se o tempo passou e o jogo virou, por que sofro pelas mesmas coisas?



O mundo dá voltas, tantas voltas por fim..

roda mundo redondo que sempre esquece de mim.

Amigo secreto.. ^^


13 março 2012

Cansada

Difícil explicar em palavras o que dói no coração.
Uma dor invisível, perversa e infinita.
A solidão sempre existirá dentro de mim?
Será que a felicidade é uma utopia?

Ou será que o sofrimento é uma espécie de castigo?
Porque ao meu ver, todos estão felizes menos eu.



Todos tem a felicidade ao alcance das mãos,
a pessoa importante de companhia,
e eu aqui, sozinha.
Não sendo importante para ninguém,
não fazendo falta para ninguém
e gastando o oxigênio da Terra em vão.

A amizade que tanto prezei é a que mais me despreza.
O amor que tanto implorei não me compreende.
A morte não irá me completar com o sentimento de paz que desejo.
O que faço então?

Minha vontade é ficar deitada até tudo isso passar
e quando uma mão for estendida para me levantar,
queria que as pessoas que eu sempre esperei estivessem lá.
Mas elas não irão me esperar...
A vida delas correm, junto com o tempo e o descaso.

Só me resta esperar nesse chão frio a boa mão estendida que me salvará da solidão eterna.

09 fevereiro 2012

Aperto o gatilho e a pólvora se espalha no chão. A bala procura um caminho mas encontra somente a solidão. O escuro dificulta o destino traçado. Se tiver sorte, acerto a cabeça daquele desgraçado... by Jania.. =)